Resenhas

mame-Walsh 172 horas

divisão

Sem te conhecer Encontrando-me A filha foto Black-para-Sempre No-Mundo-de-Luna

divisão

A Garota AmericanaCORES_DE_OUTONOTamanho não importaNAO PAREBaseado-emFatos-ReaisdivisãoZac e Miahugo e rosesoldierfragmentados_capaCafé-Mário-de-Andrade
divisãomentiras que confortamA Apostacapa_o-beijo-de-chocolateo melhor de mario de andradeintenso demaisdivisãopequeno principeO plano é o amornelson rodrigueshistórias curtasdivisãoneve na primaveraa-playlist-de-hayden_capa4_1primeiro-e-unicoquando_saturno_voltar_CAPA_altaAcesso-aos-batidores-1024x1486divisãosugarz-como-ser-mulherquem é voce alascabom-dia-sr-mandela_capa_1vivian contra o apocalipsedivisãoTrashmenorA Lista2Beleza perdidaEnquanto eu te esqueciaclimaxdivisãoA musica do silencioFilhos de LilithLigue os Pontos Poemas de Amor e Big Bang Gregorio DuvivierRenascer de um OutonoO Livro dos Vilõesdivisãose eu ficarMelhor que Chocolate2Simplesmente AconteceFingindo_Capa_OK.indddivisãoA MAIS PURA VERDADERye_catcherUm Gesto de Amorbem-casadosconte um conto 2divisãoReconstruindo AmeliaMar de Rosascronica-de-uma-morte-anunciadaA casa das Orquídeas

 MENTIROSOSdivisãoCapaO Livro dos DesafiosCapa_Um dia de cada vez.inddUm herói para elaPerdendo-me CoradivisãoSalvos pelo amor - Juliane RodriguesDias Melhores Pra SemprePrincesa Adormecida - Paula PimentaA Culpa é das Estrelascapadivisão12358 - Menino de pijamaviver nao doiDe repente aconteceA_PRINCESA_SOB_OS_REFLETORESodiariodaprincesadivisãoA garota das cicatrizes de fogoEleganciaPobre não tem sorteEm ChamasJogos VorazesdivisãoTamanho 44 também não é gordaA ultima notaAdeus à Humanidadenodteste loucadivisãoAmazôniaUma herança de amor - Quando o fim pode ser o começoPonto CegoReformed Vampire - Catherine JinksQual seu numerodivisãoTamanho 42 não é gordaFeiosPara todos os amores erradosA Elite - Kiera CassFreud me tira dessa - CapadivisãoUm DiaCodinome Cassandrameuconselheirodeluz Procura-se um maridoAmores InfernaisdivisãoTrocando os polos - Mila WanderguerreiroMINHAS_LEMBRANCAS_1300828725PPara SempreFilha da tempestadedivisãoDuas Vidas, Um DestinoQuero ser Beth LevittA SeleçãoA Profecia de Hedhendivisão[Resenha] Nossas Rainhas – Histórias das suas escritoras mais queridinhas

Carina Rissi + Madrugada = Sem post! Rsrsdivisãonão sou este tipo de garotaBaroak - Capacarnavalanna e o beijo frances[Resenha] Sushi - Marian KeyesdivisãoA Bandeja - Qual pecado te seduz? - Lycia Barrosquando cai o raioo-milagrepegando fogo[Resenha] O sonho de toda garota - Meg Cabot


0 Comments

  1. Ricardo da Mata

    Nossa, você nunca leu uma obra literária na vida se estes são os livros que você lê. Literatura não é o que está nas bancas das livrarias ou nas propagandas das revistas; literatura é o que a humanidade tem criado há milhares de anos. Você teria de ler histórias da literatura de vários países e ler muitos ensaios e críticas para conhecer os títulos e começar a conhecer o que tem valor estético. Onde está a literatura grega e latina? e Dante, cadê o teatro mundial? Onde estão Tolstói, Henry James, Machado de Assis e Maupassant? Não adianta ler qualquer coisa…

    Reply
    1. Laury A Author

      Oi?
      Bem, primeiro, o que seria uma obra literária? Acho que não é o tempo que define se um livro é uma “obra literária” ou não. Você diz que o que leio não é literatura, mas por que? Porque foi escrito agora, nos tempos atuais? Se essa for sua lógica, tenho que dizer que o que você chama de literatura já foi atual também e duramente criticado. E coloca duramente nisso. Se literatura não é o que está a venda, ela é o que então? Onde se acha essa coisa tão rara?
      Você fala de valor estético. É isso que faz uma boa obra então, valor ESTÉTICO? Uma boa obra pra mim é aquela que transmite o que foi criada para transmitir, é aquela que por mais “não literatura” que seja, faça o leitor crescer. E literatura também é aquilo que faz o leitor sonhar, que faz ele acreditar que a vida dele ainda vai ser maravilhosa, por mais que naquele momento não seja. Literatura não é só criticar a sociedade e o mundo, a raça humana, que é basicamente a premissa e a essência dos autores e tipos literários que citou. Literatura é escrever com o coração, é ser humano e escrever para pessoas humanas.
      Já li os autores que citou, mas sabe o que acho? São autores como muitos outros, tiveram uma sacada genial sobre algo, mas isso não os fez melhor que tantos autores que lutam hoje pelo seu trabalho, não os torna deuses. Literatura é contar uma história. Já ouviu falar nos trovadores, nos indígenas que contavam sua história de geração a geração? Literatura é isso, é contar a história da humanidade.
      Você eleva clássicos, mas já leu algo moderno? Ou está esperando daqui uns vinte anos quando os nossos modernos se tornarão clássicos?
      E se permite a mim dizer, se tudo o que você leu na vida é o que citou, ainda precisa conhecer muito sobre literatura, muito sobre o mundo que vive. As pessoas evoluem, a literatura também.

      Beijos!

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *