Resenhas

[Resenha] Mamãe Walsh: pequeno dicionário da família Walsh – Marian Keyes

Resenha 2

Olá, povo! Como vocês estão?

O que dizer desse livro que mal começou e já acabou? Porque é exatamente assim esse livro. Você começa e quando percebe, ele acaba. É um livro propaganda, ou seja, você paga para ler uma baita de uma propaganda de todos os outros livros da Marian Keyes. Bem, pelo menos todos os outros livros que são protagonizados pelas filhas da mamãe Walsh.

mame-Walsh

Mamãe Walsh tem cinco problemáticas filhas, que ela faz questão de nos apresentar brevemente e logo mais acrescentar “saiba mais sobre ela lendo o livro X”. Tem propaganda mais descarada que essa? Impossível, né?! E além da pequena apresentação e propaganda, o livro é dividido em pequenas estórias de família por letra.

Creio eu que na versão original realmente exista um alfabeto de A a Z, onde cada letrinha dá origem a uma palavra que é seguida por uma estorinha. No entanto, na versão que eu li, vulgo a versão em português, há ordem alfabética, mas muitas letrinhas são repetidas e algumas nem mesmo são citadas, o que eu achei meio… falho. Por assim dizer. Como se fizesse uma proposta e não conseguisse cumprí-la.

Quanto as estorinhas, algumas são engraçadinhas (como quando ela falou das pessoas que andam se arrastando de tão devagar que caminham; e eu me identifiquei com ela que ficou com vontade de dar guarda-chuvadas nas pessoas), mas outras são bem desnecessárias. E eu tive essa sensação com o livro todo em si.

Porque veja bem, ele é legalzinho e tal, tem uma escrita boa e leve (afinal a mulher já escreveu muitos livros e pegou o jeito), mas ele é um livro meio sem proposito. É tipo aqueles “guias do filme”, que as únicas pessoas que compram são aquelas fascinadas pelo filme. Nesse caso é um livro para os fascinados pelos livros da Marian Keyes. O que bem, não é o meu caso. O único livro dela que li foi Sushi e tive uma séria relação de amor e ódio (vulgo, achei que demorou pro livro pegar no tranco – tem resenha dele aqui se estiver interessado).

Mas enfim, não leria novamente e recomendo APENAS para quem já leu os outros livros da família e gostou. Para quem é apaixonado por eles e pela autora. Sabe quando você diz que leria até a lista de compras do seu autor favorito? Pois então, está é a lista de compras da Marian Keyes. Não traz nada de realmente interessante, mas você lê porque foi ela que escreveu. No meu caso, eu li porque ganhei o livro.

E se você ficou curioso para saber quem são as filhas da mamãe Walsh, dê uma olhadinha nelas e seus respectivos livros:

– Claire (Melancia)

– Margaret (Los Angeles)

– Rachel (Férias!)

– Anna (Tem alguém ai?)

– Helen (Não foi mencionado em qual livro essa criaturinha está, então, ou eles esqueceram de citar esse detalhe ou ela ainda terá um livro seu. E sinceramente, essa me pareceu ser a mais interessante das irmãs. Talvez eu leia o livro dela, se eu descobrir qual é. Se alguém souber, me conta. Grata.)

É isso amados. Querem ler a lista de compras da Marian Keyes?

Beijos!

Laury

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *