Divulgação

[Divulgação] A costureira de Dachau – Mary Chamberlain

Divulgação

A costureira de Dachau, obra retrata drama de jovem em meio à Segunda Guerra Mundial

Ficção retrata o dia a dia de uma garota londrina que, abandonada, precisa lutar para viver em meio à guerra

costureira

Uma jovem ambiciosa e talentosa sonha em sair do subúrbio londrino, onde foi criada, em busca de um futuro melhor. Sua vida parece mudar completamente quando conhece um misterioso homem que a leva para Paris.  Mas seu pesadelo começa quando é abandonada por ele quando a guerra eclode e acaba em uma comunidade próxima a Dachau, um dos principais campos de concentração do regime Hitler. A emocionante história de Ada Vaughn está em A costureira de Dachau.

Escrito por Mary Chamberlain, o livro aborda temas como amor, guerra, traição e sobrevivência durante a Segunda Guerra Mundial. Personagem principal da história, Ada, de 18 anos, é uma simples vendedora de roupas que se apaixona por um suposto conde austríaco. Em meio a juras de amor eterno, ele a convida para conhecer a glamurosa Paris do início do século XX. Mas tão logo a guerra começa, o misterioso homem a abandona e Ada termina na cidade de Dachau, onde passa a sobreviver costurando para a esposa de um dos oficiais nazistas. A partir daí, testemunhando os horrores da guerra, ela precisa contar apenas com sua esperteza para sobreviver às sucessíveis tragédias.

Aposta da editora Agir deste mês, a obra de ficção feminina histórica celebra os 70 anos do término da Segunda Guerra Mundial. Com um enredo instigante, o livro recebeu críticas da autora best-seller Saskia Sarginson. “Uma história empolgante, brilhantemente contada. Eu não consegui parar de ler! Ada Vaughan é uma personagem apaixonante: incrivelmente real, imperfeita e sedutora”.

#AUTORA

Mary Chamberlain é autora de obras acadêmicas e professora emérita de história caribenha da Universidade Oxford Brookes. Atualmente, mora e trabalha na Inglaterra, mas passou um tempo no Caribe depois de conquistar seu diploma de escrita criativa pela aclamada faculdade Royal Holloway da Universidade de Londres.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *