Textos contos e blábláblá

[TCeB] Richelle Mead fala sobre Blood Sisters em entrevista

Textos contos e blablabla

Olá pessoas belas! Como vão?

Quem está sempre por aqui, e até quem não anda tanto assim aqui pelo blog, sabe a minha ENORME fascinação, paixão, loucura e tudo que se pode sentir ao extremo pela série Academia de Vampiros. Já li pelo menos umas cinco vezes cada e todas as vezes que releio me emociono do mesmo jeito. Riu, choro, grito, desespero… Enfim, enlouqueço!

Já falei por aqui que vai ter filme e que estou morrendo de felicidade (dia 14/02/2014 estreia), já fiz até um post lindo sobre o Dimitri para vocês já amarem a série. E hoje trago uma entrevista que eu vi aqui da autora diva Richelle Mead falando sobre o filme, que chamará Blood Sisters. E podem me chamar de louca, mas eu derramei lágrimas enquanto lia a entrevista, lágrimas dignas de uma pessoas que espera há anos por esse filme. Não me julguem. kkkk

Vamos a entrevista!!

.

Nós temos comentado sobre esse filme há anos, mas agora nós realmente podemos falar dele. Parece realidade? Ou vai parecer quando o filme sair no cinema?
É uma mistura de ambas, com certeza. Está muito longe, sendo filmado no Reino Unido. Tem dias que passam e você esquece que está lá. E de repente BAM – alguma coisa acontece. Eu acabo vendo algum still do set ou ouço um dos atores nas redes sociais, e isso simplesmente faz o mundo inteiro parar. Você fica tipo “Oh meu deus, isso é real – isso é um filme. Não é algo que está longe e removido. Está realmente acontecendo.” E ele vai ficando real e mais real a cada dia que passa.

Como tem sido sua participação até agora?
Eu não fiz o roteiro, e eu não estou no set nem nada do tipo agora, mas minha participação foi apenas consultiva. O diretor, Mark Waters, foi ótimo em verificar os fatos, repassando os detalhes. Como: ele me envia um e-mail com coisas do tipo “Oh, o que você acha desse figurino?” ou “Será que podemos fazer essa pequena mudança?”. Coisas assim. Mesmo que eu não estivesse diretamente envolvida na tomada dessas decisões, minha opinião foi muito procurada nesse processo, o que foi muito bom. Apenas saiba que eles estão sendo bastante conscientes e atenciosos sobre tudo o que o livro passa.

Você tem planos de visitar o set?
Eu irei estar visitando o set em algum momento mais pra frente, mas não há nada concreto ainda.

[P.S.: Ela visitará o set essa semana e prometeu fotos para nós. Assim que ela postar alguma coisa no site dela, eu juro para vocês que coloco aqui no blog, isso se eu não morrer só de ver as fotos, claro. kkk]

Um grande número de autores fazem pequenas aparições nas versões cinematográficas de seus livros. É algo que você considera fazer?
[Risos] Eu não sei. Eu tenho ouvido alguns fans mencionarem isso pra mim. Não houve nenhuma conversa sobre isso até o momento. Eu não posso sequer imaginar o que eu faria. Estou muito velha para andar nos corredores de St. Vladimir, a menos que façamos alguma coisa estilo “21 Jump Street” e estar lá para apresentar um relatório para eles. Eu não sei. Vamos ver se alguém aparece com algo inteligente para podermos conversar. Mas no momento, eu estou contente em sentar e admirar os outros.

O quão semelhante você diria que o script de “Vampire Academy” é do livro?
É muito semelhante, na verdade. Fiquei agradavelmente surpresa. Você se resigna um pouco, como, bem eles podiam ter feito qualquer coisa. Eles podiam ter desviado totalmente. Mas fiquei surpresa na primeira vez que li. Eu estava tipo, é isso. Eles acertaram todos os pontos principais. Eles captaram o humor. Eles captaram o impacto emocional. Não há nada que eu realmente possa classificar como “desvio radical” do livro, foi fantástico para mim. Daniel Waters, o roteirista, apenas conseguiu fazer isso. Ele conseguiu o que eu estava tentando fazer com os livros, e ele conseguiu colocar tudo isso nas páginas do script, e eu acho que os fãs ficarão muito felizes com isso.

[Espero chorar de felicidade, sem brincadeira nenhuma kkkk]

É realmente emocionante que esses dois homens que estão trazendo “Vampire Academy” para as telonas tenham uma história tão rica contando histórias de garotas adolescentes como “Atração Mortal” e “Meninas Malvadas”. Você é fã desses filmes?
Na verdade, sou. Esse fato foi o que mais me chamou à atenção quando descobri que eram eles que iriam trabalhar neste filme. Não que eu tivesse ouvido falar deles, mas eu era fã dos seus trabalhos. Se tivessem me pedido para escolher alguém para trabalhar nisto, e eu tivesse escolhido entre os meus filmes favoritos de adolescentes, eles estariam lá e eu me sinto extremamente sortuda por terem sido eles os escolhidos. É exatamente o que você disse: Eles entendem as garotas adolescentes. Eles têm aquele humor negro que está nos meus livros, como também têm o lado mais sério e emocional presente nos meus livros. Eles sabem como balançar todos esses fatores. Eu acho que eles são a equipe perfeita e eu estou muito contente e lisonjeada – eles são irmãos – que este é o seu primeiro projeto juntos. Este foi aquele que os juntou.

O que faz de Zoey Deutch uma Rose perfeita?
Eu acho que ela possui o espírito e a personalidade da Rose. Eu digo, é óbvio, possuir isso é o que os atores devem ter na hora de obter o papel. Eles não são exatamente como os personagens na vida real. Mas ao mesmo tempo, há uma energia na Zoey, a atriz, que é compatível com a personagem. Mark Waters estava falando sobre quando ela fez a audiência, quando ela entrou, as pessoas ficaram tipo “OMG, é ela!”. Ela carrega isso. Eu amo segui-la no Twitter. Ela tem um espírito aventureiro. Há fotos que ela posta, ela e Cameron Monaghan [Mason] presos no metrô. Eles começaram a se pendurar porque estavam entediados, presos lá. E isso realmente foi engraçado, e fofas essas fotos que eles postaram. Esse tipo de diversão e aquela energia é algo de Rose… assim como a dedicação dela nos treinos. É um papel muito físico. Ela estava com uma treinadora o dia todo, várias vezes na semana tentando moldar seu corpo, se certificando de estar na melhor forma para interpretar a Rose. Eu acho que é isso que realimente define a personagem. Ela parece com o papel, ao meu ver, também, mas é muito mais que ter a aparência para um personagem. Você tem que ser capaz de interpretá-lo. É isso que todos estavam olhando quando a escalaram, e acho que fizeram lindamente.

[Ainda não tive esse feeling com ela, mas espero muito ter.]

Fizemos uma votação há algumas semanas perguntando aos fãs qual cena que eles mais estavam ansiosos para ver, e o momento de Rose e Dimitri sob o feitiço de luxúria venceu com muita diferença. É essa a cena pela qual você está mais ansiosa também?
Eu não estou nem um pouco surpresa com o resultado, na verdade. [risos] É marcante na série o romance entre Rose e Dimitri, e é uma escalação isso do livro. Eu não estou surpresa que os fãs querem ver isso. E eu também quero ver. Essa sequência final é tão poderosa. A cena do feitiço de luxúria é uma parte de uma série de outros – eu deveria ser cuidadosa para não entregar – mas você sabe, esse é o grande clímax do final, e há uma série de cenas de ação que seguem a isso. E eu estou super animada para ver tudo isso se desenrolar. É uma montanha russa de conteúdo emocional, bem como algumas das maiores cenas de ação do livro, eu acredito. Vamos ver como todos aqueles treinamentos valeram a pena. É um momento importante para toda a química para um monte de personagens na sequência final, e não apenas entre Rose e Dimitri, mas também para Lissa e Christian. Eu acho que vai ser realmente grande.

[Menina de Deus, eu vou morrer, repito, MORRER nessa cena, vou querer pular na tela do cinema e participar. Dessa cena e de uma outra que envolve uma salinha *-* Só não me perguntem se essa cena é do primeiro livro, porque leio eles um atrás do outro e não sei exatamente em qual acontecem as coisas, a não ser ESSA cena da luxúria. Se você não conhece a série, vá apenas para ver essa cena que não vai arrepender. kkkk]

Outro livro da série “Bloodlines” estará chegando em breve. Pode nos dar um bocadinho sobre o que acontecerá?
O próximo livro do “Bloodlines” que será “The Fiery Heart”, será lançado no dia 19 de Novembro. Esse será muito importante na série. Para aqueles que conhecem a primeira série, será como “Shadow Kiss” e “Blood Promise” foi – o momento em que a história dá uma grande reviravolta. É contado de modo alternado entre o ponto de vista da Sydney e do Adrian e existe uma grande carga emocional. Finalmente lidamos com os problemas do espírito, como sanidade mental e coisas desse gênero. Isso é uma grande coisa, mas ao mesmo tempo nós vemos o relacionamento do Adrian e da Sydney se intensificar. Para os fãs que gostaram de como “Indigo Spell” foi intenso, eu espero que sintam o mesmo por este. Também haverão reviravoltas. É uma das coisas de que gosto. Eu gosto de opostos: eu quero que os fãs se sintam entusiasmados e riam num momento e que no outro fiquem chocados. E eu acho que isso vai acontecer muito. Tem um grande momento de suspense no final, por isso eu peço já desculpas por isso.

.

.

Richelle me matando since anos atrás. kkkk

E ai, o que acharam?? Morrendo como eu para o filme?

Beijos!

Laury.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *