Resenhas

[Resenha] Procura-se um marido – Carina Rissi

Procura-se um marido

Olá! Tudo bem? Hoje a resenha é do “novo” livro da fofa da Carina Rissi. Aproveitem!!

Vou fazer como fiz em Filha da Tempestade, vou resumir o livro em uma coisa (meio que gostei disso rsrs). Pois bem, eu resumiria Procura-se um Marido em um suspiro, e um suspiro de prazer! Infelizmente não tive o prazer de lê-lo diretão, como dona Alicia bem sabe, vida de assalariada tem seu preço, como por exemplo acordar cedo. Kkkk

Mas vamos ao que interessa: o livro! Mas antes de mais nada, acho que todo mundo sabe que existe um filme com esse nome, não? Pelo menos todo mundo que me viu com o livro na mão sabia disso e ouvi desde “Ah, foi daí que surgiu o filme?” até “Isso não é plágio?”, então vou esclarecer para todo mundo: NÃO TEM NENHUMA LIGAÇÃO COM O FILME! Todos felizes? Eu estou! Rsrs

Ok, ok. Em Procura-se um marido, damos de cara com Alicia, que tem uma pitadinha de Sophia – de Perdida – e uma pitadona de tudo o que eu gosto em uma protagonista, com uma característica forte minha: ela não quer se casar! Mas pelo titulo já podemos ver que ela vai mudar de idéia, não? Mas não pensem que por amor, não mesmo, ela quer se casar para poder ter sua herança de volta, já que seu avô morreu e estipulou que para ela poder comandar tudo, teria que permanecer um ano casada. O maior sacrifício do mundo, não acham?

Ela também achou, por isso optou pela segunda opção, trabalhar em uma das empresas de seu avô. Mas não pensem que ela vai virar presidente, não mesmo, vai ser assistente de secretaria. Assistente! De rica a assalariada, é assim que Alicia tem sua primeira experiência como “pobre”, sendo obrigada a andar de ônibus e a ser tratada como algo bem perto de lixo por todos. Mas não vão pensando: nossa que drama! Não mesmo! Dona Alicia tem seu próprio jeito de lidar com a situação, e seu sarcasmo é cômico, fazendo a gente rir horrores! E em um desses momentos de “vingança” ela tromba com a parede nada simpática de nome Max. *Suspiros insanos!*

E agora perdi o foco total da resenha. Sério gente, aquele homem, que homem! Não resisti de comparar com o Ian de Perdida, afinal um monte de gente compara, então queria saber qual que eu realmente gostava mais, mas não consegui. Ian é um amor, Max também, mas tem aquela ferocidade de um leão, que Oh God! Não é todo mundo que tem isso. Mas voltando, acho que não preciso nem contar o que vai dar né?! O coração dela simplesmente ferra (falando como a Alicia, mode on kkk) com toda a história de casamento arranjado.

Aí sua cabeça volta para aquela questão: “Que tédio! Qual a graça de ler um livro que você já sabe como vai terminar?”. Querida(o), você não sabe! Também pensei que sabia, ai pensei comigo, “Por que continuar?”, e a resposta brilhou na minha cabeça em segundos: Livro bom é aquele que você já sabe como vai terminar, mas ainda assim quer ler desesperadamente, porque a leitura é tão prazerosa que lhe prende até a última palavra. A frase nunca deixou de ser verdade, mas o livro não aconteceu como eu esperei, e olha que a minha capacidade de adivinhar finais é meio grande. Kkkkk

Ok, só eu acho que perdi o fio da meada nessa resenha? To parecendo boba apaixonada que não sabe o que dizer sobre o amor da sua vida. Kkkk Digamos que o Max encaixa muito bem nesse papel, para dizer a verdade, é perfeito para o papel.

Pois bem, tentado desesperadamente controlar essa resenha, adorei o livro. Daqueles que quando você finalmente respira aliviada, algo dá errado, o que nunca deixa a coisa se tornar monótona, e tem cenas HOT!, mas cenas HOT com LOVE! Do jeitinho que eu gosto. E tem também umas pancadarias de tirar o fôlego! Kkkk Alicia tem aquele temperamento adorável!

O livro não é sobrenatural, é um romance do nosso mundo, mas tem aquele toque que torna o nosso mundo mágico. Aquela pitadinha conto de fadas, magia e felicidade, sabe? O vô narciso é um amor e chorei horrores quando ele morreu e todas as vezes que Alicia tocava no nome dele (talvez seja um pouquinho de saudades do meu, mas ok), a Mari… eu quero seqüestrar a Mari! Ela é cômica gente! Ao mesmo tempo que é o oposto da Alicia é também igual a ela, como toda melhor amiga. Os funcionários da empresa (alguns só, ok?), aquele doce de pessoa, a família de Max e a Mazé, foram adoráveis de conhecer. Só uma pessoa não me desceu, mas não citaremos nomes, segredo!

O livro é cheio – lê-se cheio mesmo – de reviravoltas, e a todo o momento deixava meu mundo de pernas pro ar. Li muitas partes angustiada, querendo saber o que ia acontecer, até mesmo quando tudo dava certo eu continuava angustiada porque sabia que ainda tinha mais pela frente, e a dona Carina Rissi tem uma capacidade sobrenatural de desmoronar tudo quando vai chegando ao final, o que mata a gente! Mata! Eu devorei o livro e quando cheguei na penúltima página e ela pareceu ser a ultima, eu desesperei, comecei a rezar que por favor aquela não poderia ser a ultima página. Kkkk E bem, não foi, foi a penúltima, o que não melhorou muita coisa, mas ok, porque eu queria, porque queria ler mais. Na verdade, ainda quero. Então dona Carina, pode correr para o computador, preciso de mais livros seus! E já! Kkk Acho que seria meio idiota perguntar se eu recomendo, não? Então nem me darei ao trabalho de responder algo assim. Rsrs

P.S.: Simplesmente acho que não consegui dizer tudo que queria com a resenha, o quanto gostei do livro e tal, mas ando sem criatividade, o que é triste pra caramba (kkkk), então me perdoem pessoas se não ficou assim tão bom, ok? rsrs

Beijos!!

Laury.

0 Comments

  1. Bárbara Mac

    Eu sou totalmente viciada nos livros da Carina Rissi, e espero que ela faça o Perdida 2. Procura-se um marido é o primeirissimo da minha lista de desejos… Espero conseguir comprar o mais rapido possivel!
    Adoreei sua resenha. É a primeira vez que entro no blog, simplesmente amei (vai ficar na lista de favorito da internet )

    Reply
    1. Jusley Vargas

      Deus, eu estou apaixonada.. morrendo de amores pela Carina.. Acabei de ler o Livro Perdida, em seguida li o segundo livro (ENCONTRADA) isso em menos de 4 dias.. devorei os dois.. e claro estou morrendo de amor pela autora.. procurei outros livros dela e encontrei esse.. e pelo que vi na resenha também é maravilhoso.. Claro que vou ler né, começando agora em 3…2..1…

      Reply
  2. Ludmyla Oliveira

    Procura-se um Marido é simplesmente apaixonante, acabei de ler em apenas 2 semanas (mesmo com o tempo corrido). É do tipo de livro que adoro, e fora que Alicia parece um pouco comigo. Quero ler agora o Perdida antes que lance o 2. Ai gente como não queria que o livro terminasse, parece que os personagens faziam parte do meu dia… Vamos então começar logo outro para não sofrer muito com essa falta!

    Reply
  3. keila garci

    esse livro perdida achei sem querer estava tentando encomtrar o morro dos ventos uivantes ,dei de cara com esse livro li a sinopse e acabei baixando e me apaixonei pela historia do livro.

    Reply
  4. Thalita

    Acabei de ler “Procura-se um marido”, cara, to encantada, apaixonada, foi demais. li em 3 dias e duas madrugadas, admito que tinha preconceito com escritores brasileiros, mas Carina Rissi conseguiu acabar com isso, livro simplesmente perfeito. Esse livro só é melhor que Perdida porque é mais grosso, deu pra demorar um pouco mais na leitura. 🙂

    Reply
    1. Laury Alves Author

      Carina diva! Para mim ela é a Meg Cabot brasileira e eu simplesmente amo a Meg Cabot, então dá para entender o quanto gosto dela! hahaha Mas meu preferido ainda é Perdida, acho que porque chorei mais. Mas AMO Procura-se um marido. *-*

      Reply
  5. paloma

    Amei esse livro perfeito demais louca pra ler no mundo da luna o novo livro da carina,o final dese livro me surpreendeu muito e eu simplesmente amei ,o Max e o Ian são muitos perfeitos mas ainda assim eu preferia o Ian, e perdida e Encontrada eu ainda prefiro mais que Procura-se o marido mais enfim amei sua resenha e a sua escrita e queria saber se vc já leu uma trilogia da kiera Cass (a seleção,a elite e a escolha) amo demais essa trilogia esses são os meus livros favoritos,bjs

    Reply
    1. Laury Alves Author

      Também estou louca pelo livro novo!
      Também amei o final. Adoro como ela faz uma reviravolta com poucas páginas para acabar. Eu amo o Max, mas também acabo preferindo o Ian, não sei bem porque hahaha
      Já li sim. Bem, eu li os dois primeiros, ainda falta ler o último, mas está na lista. Não fui a maior fã, mas é bom para passar o tempo. 😀

      Beijos!

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *