Notícias

[Notícias] Resposta da Editora Novo Conceito a respeito do abandono de livros nacionais!

resposta NC

Boa Noite!! Como vão?

Hoje demorei um pouco mais para chegar em casa, mas no caminho já fui dar uma “investigada” a respeito do que rolou ontem. Não sabe o que está acontecendo ainda? Entenda aqui!

Bem, há mais ou menos umas 3h a Novo Conceito liberou seu comunicado oficial a respeito do assunto e como prometi, vim deixar vocês por dentro dos acontecimentos.

Se me perguntarem o que eu achei e quem acho que está “certo”, minha resposta é NÃO SEI!  Sabe aqueles momentos que os dois lados tem bons argumentos e você não sabe em quem acredita? Então. Achei a história da blogueira consistente, já tive meus próprios problemas com a editora, mas também achei o comunicado oficial consistente, ou seja, não sei de mais nada, só espero continuar vendo nossos queridos nacionais sendo publicados pela editora, que apesar de tudo, tem seus lados bem positivos, ainda que tenha outros negativos, como qualquer outra. Vou postar o comunicado oficial dela, que foi liberado no próprio site, facebook e twitter, mas antes só queria comentar uma coisa: achei o comunicado grande de mais e repetitivo de mais, além de ter demorado um bocado para ser publicado. Mas enfim, cada um tire suas próprias conclusões pelo que ler.

Caros leitores,

Muitos de vocês nos seguem desde que começamos e construímos juntos uma editora que hoje é considerada uma das melhores e maiores do país. Costumamos dizer que a Novo Conceito não tem leitores, mas colaboradores. Vocês fazem parte de cada passo de nossos caminhos e não há dúvida da relação de amizade e carinho que compartilhamos.

Diante disso, é com muita surpresa que recebemos ontem, através de vários de vocês, um link que apresentava diversas acusações à editora, esta que sequer foi contatada para contestar os fatos.

Ocorre que, a Novo Conceito, com os olhos e o “coração” no futuro, além de investir em publicações impressas, começou a dar seus primeiros passos em relação à difusão do livro digital (ebook).  Esta política não tem outra finalidade senão democratizar e difundir a literatura, utilizando-se das modernas ferramentas de divulgação, possíveis no formato de livro digital, mas claro, sem deixar de publicar livros impressos, através dos quais fomos e somos, com tanto carinho, reconhecidos por vocês.

O livro digital torna possível que, mais títulos e mais autores cheguem a público cada vez maior a um custo menor. Isto não quer dizer que a Editora não publicará mais as edições tradicionais em papel, principalmente de autores que já possuem contratos firmados com a empresa. Os formatos tradicionais são essenciais para a Editora e acreditamos que o físico e o digital ainda coexistirão por muitos anos nos mercados literários nacional e internacional.

Com a chegada de novas possibilidades, queremos apresentar aos leitores todos os formatos de publicação possíveis. Mas não poderíamos jamais deixar de publicar nossos títulos impressos, pois estamos cientes da importância do livro físico, não só historicamente, como também para nós – através dos livros impressos, escrevemos nossa história de sucesso e de grandes conquistas. Eles estão intimamente ligados à trajetória da Novo Conceito.

Claro está que, as noticias veiculadas partem de informações incompletas. Devido ao acorrido, viemos esclarecer alguns termos que achamos pertinentes dividir com cada um que nos acompanha:

O selo Novas Páginas é visto com muito carinho pela empresa. Com o intuito de publicar livros nacionais (para quem não se recorda, o selo anteriormente era chamado de Novo Conceito Jovem e mudou porque vimos a oportunidade de expandir nosso espaço para outros temas e autores), o selo vem revelando grandes nomes. Em um momento que todos os olhos se voltam para o Brasil, nada mais prazeroso do que embarcar nestas novas descobertas. Criado há menos de um ano, o selo será uma oportunidade para que vários autores que nos procuram com o interesse de publicarem seus títulos, tenham a chance de publicá-los. E a partir de agora venderão também em ebooks.  Com a chegada de grandes eReaders no mercado nacional, como o Kindle e Kobo, a venda de ebooks já cresceu 40% no Brasil e este fato nos faz acreditar que investir também em ebooks ajuda na divulgação e no acesso de qualquer obra da editora. Portanto, a ideia que só publicaremos em ebook é equivocada. Ainda, o selo Novas Páginas começou recentemente e continua, assim como continua o processo de seleção de obras, feita através de nosso site que em breve ganhará mais peso com a reformulação e destaque que pretendemos dar.

Afim de esclarecimento, não deixaremos de cumprir nenhum contrato, e nem deixaremos de fazer nenhum pagamento. E nenhum livro deixará de ser reimpresso – está é uma decisão da editora com base em sua demanda. Os autores que tiverem alguma dúvida deverão entrar em contato conosco.

Certos de vossa compreensão,

Editora Novo Conceito

É isso, o que acham? Quem “está com a razão”?

Se quiser ler direto da editora, basta clicar aqui.

Beijos, meus queridos.

Laury.

0 Comments

  1. Isso aí foi foda. Percebeu que foram poucos que deram cara a tapa, acho que ninguém quis se meter.
    Na verdade.. achei tudo isso muito muito muito assustador.
    No meu ponto de vista essa noticia explodiu de um jeito errado, já começa por aí.
    Enfim, é foda.

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *