Página Inicial

Tudo o que pode acontecer em duas semanas

Olá pessoas queridas do meu coração. Tudo bem?

Para acabar com a alegria de algumas pessoas: não, eu não morri! hehe E obviamente não abandonei o blog também. Estou aqui firme e forte. E claro, vou explicar porque sumi.

Não sei se foi exatamente duas semanas, mas foi mais ou menos isso. Morri de saudades do blog e muitas coisas aconteceram.

Primeiro: Viram que tem banner novo na lateral? Lindo, não? Vou dedicar um post para cada um deles.

Segundo: Para quem está perguntando “Onde diabos você se meteu menina?“, eu respondo: tá vendo a mulherzinha dessa foto? Eu estava tipo ela. E é por isso que vou dar um conselho valiosíssimo para vocês: se vão procurar um lugar para morar, seja alugando ou comprando, escolha um lugar que atenda as suas necessidades, que você goste e POR FAVOR fique lá pelo menos uns cinco anos. Porque mudar é um horror! (Estou me controlando para não dizer uma palavra bem feia.) É TANTA coisa que a gente acumula e nem vê ou lembra, que vou te contar. No meio da mudança você vai perdendo a paciência e vai ficando com vontade de jogar tudo fora, sem nem olhar o que tem dentro da caixa.

E isso nem é o pior! Você tem que por em caixa, tirar de caixa, colocar no lugar… e no meio disso tudo, você não sabe onde estão suas coisas, você não consegue fazer comida, você não consegue fazer NADA! Fiquei um bom tempo sem internet, sem telefone, televisão e até mesmo sem interfone. A minha internet mesmo foi funcionar só ontem. Nesse meio tempo entrei no computador duas vezes na lan house aqui perto e isso porque era EXTREMAMENTE necessário (daqui a pouco explico). Ou seja, não abandonei vocês nem o blog. Estou aqui!

Terceiro: Acho que vocês já entenderam o quanto eu AMO mudar, não? Mas para piorar o grande dia da mudança (falo grande dia, porque foi quando mudou o grosso das coisas, mas ficamos em processo de mudança por um semana) foi exatamente no dia do Clube do Livro. Pensa em alguém que contou os dias para a reunião do clube. Eu! Agora pensa em alguém que estava morta de cansaço e sem condições de sair de casa no dia. Eu de novo!

Fiquei com TANTA raiva, porque eu estava planejando encontrar pessoas lá, para combinar as coisas da Bienal, MAS EU NÃO FUI! Ok, respira. Acho que deu para entender a minha raiva. Mas enfim, no próximo eu estou lá certeza.

Quarto: Tive um sentimento de vazio enorme. Não, ninguém morreu e não terminei com ninguém. O que aconteceu foi que tive que mudar meus livros de lugar. E assim, antes eles ficavam todos amontoados em uns 20 lugares diferentes e eu era uma pessoa super feliz porque achava que eu tinha muitos livros, até que me mudei. Na nova casa eu FINALMENTE ganhei uma estante de gente, só que a estante é tão grande que meus livros ocuparam duas prateleiras e só. Ficou tão vazio eu eu fiquei até triste. Ok, que tem o lado positivo de caber mais  meio mundo lá, mas eu fiquei com uma sensação de “OMG, eu só li isso em toda a minha vida?”. Ok, que muitos livros que li, eu não comprei, mas enfim, quem diz que eu consigo pensar e manter essa parte na minha cabeça? Eu só consigo pensar que estou me sentindo sem cultura. :/

Quinto: Por razões meio óbvias, eu não consegui postar a resenha. Mas essa  semana eu posto, ok?

Sexto: Deixei por último, mas não é menos importante, pelo contrário.

Vocês viram que a Editora Mor estava organizando um concurso de conto para uma coletânea? Pois então, como eu gosto de contos e adorei o tema “Vidas Passadas”, resolvi arriscar a sorte. Não custa nada, né?

Mas gente, acredita que o meu foi um dos escolhidos? Quase morri! E foi por isso que tive que ir na LanHouse: para responder o email deles. 🙂

Ufa! Aconteceu muita coisa, não? Nossa! Bem, teve mais coisas, mas prefiro não comentar. hehe O importante é que senti saudades e estou feliz por estar de volta.

Mais tarde posto mais coisa que estou devendo.

Beijinhos para vocês!!

Laury.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *