Resenhas

[Resenha] O sonho de toda garota – Meg Cabot

Não existe maneira melhor de começar do que com uma das minhas escritoras favoritas: Meg Cabot.

Antes de tudo vamos evitar que você perca tempo e como eu, saia pesquisando em toda a internet onde comprar esse livro. NÃO É UM LIVRO! É um conto que se passa entre Reunião (#3) e A hora mais sombria (#4), tem 8 paginas e foi publicado na revista “Pulse”. A Meg Cabot divulgou em seu site (megcabot.com) e bem,  depois dai se espalhou, vindo parar na minha mão e agora na de vocês. Quem quiser ler é só clicar: http://dc123.4shared.com/doc/X2NyrX_s/preview.html

Vamos a resenha!

Faz tempo que li A Mediadora e meio que tinha me esquecido de como era. Como era ler Meg Cabot, como era a personalidade da Susannah e mais, como eu ADORO o Jesse. Foi bom relembrar.

O conto é bem rapidinho, não precisa de nenhum enredo especifico dos livros e é otimo para matar a saudade de quem é fã de A Mediadora [1] e do casal Susannah e Jesse – porque convenhamos, eles são um casal e são lindos juntos, só nao são muito bons em admitir isso. O conto fala de um baile de formatura que a Susannah ficou responsável por organizar e o Jesse apareceu para “bater um papo”. Tem a tensão normal entre os dois, alguns problemas leves de mediadora e um leve drama adolescente – que nem chega a ser drama -, além da pergunta que deu origem ao título “É  o sonho de toda garota vir ao baile de formatura com o cara que ela ama?”. (Acho que não há muita variação na resposta, não é?) A pergunta foi feita pelo Jesse e posso dizer que ela é meio que respondida nos livros. Quem já leu sabe do que estou falando. Quem não leu, leia! A Mediadora é uma série ótima.

Bem, adoro o Jesse simplesmente por ser ele e mais ainda por ter vivido há 150 anos (sim, o Jesse está morto). Ele tem princípios diferentes de hoje, princípios melhores. Já a Susannah, bem, se ela pudesse conhecer a Rose de Academia de Vampiros [2], sei que se dariam muito bem. Ambas fortes e que adoram chutar a bunda de algumas pessoas, no sentido literal mesmo. rsrs

Enfim, gostei do conto, não é um must read, mas é bom para relaxar, dei altas rizadas. Recomendo para aquele dia que não tem muito o que fazer e quer uma leitura leve e rápida.

~~*~~*~~

[1] A Mediadora é uma série de autoria da Meg Cabot, pulicada inicialmente sob o pseudônimo de Jenny Caroll e conta com seis livros: A terra das sombras, O arcano nove, Reunião, A Hora mais sombria, Assombrado e Crepúsculo.

[2] Academia de Vampiros é uma série da Richelle Mead que conta com seis livros: O Beijo das Sombras, Aura Negra, Tocada Pelas Sombras, Promessa de Sangue, Laços do Espírito e O Último Sacrifício (tradução livre, que DIZEM que vai ser lançado em junho/2012, mas tenho minhas dúvidas). Obs.: Depois dos seis livros, vai ter mais seis, só que vai mudar os personagens principais, permanecendo o mesmo ambiente, mas isso é história para depois.

~~*~~*~~

Gostaram da resenha? Curti aí em baixo (temos várias opções aí em baixo, pode escolher), comenta, segue o blog, curti a página no Facebook (aí do ladinho) ou segue no twitter (@Maniaca_Livros). Se quiser fazer todos também pode, claro (e eu vou gostar mais ainda, obvio rsrs)!

Obrigado pela visita.

Laury 🙂

0 Comments

  1. Só achei uma coisa engraçada:
    Se eu bem me lembro, no fim do último livro, a Suze chama o Jesse pra dançar e ele não sabe. É esquisito porque neste conto é ele quem chama ela pra dançar e a cronologia diz que é entre o terceiro e o quarto livro…
    Você já tinha pensado nisso?

    Reply
    1. Laury A Author

      Nossa! Nem tinha parado pra pensar nisso. Na cronologia é isso mesmo.
      Eu nem tinha lembrado disso, porque li o conto muuuito tempo depois dos livros, mas vou ter que olhar agora, calmaa!

      Pronto, li. Verdade, meio sem sentido, mas tudo depende de que tipo de dança eles estavam dançando no conto. Porque o Jesse fala “Não sei dançar isso”, então acho que ele não sabe dançar a musica lenta do século XXI da mesma forma que a Suze, mas sabe dançar a música lenta do século dele, que deve ser o que eles dançaram no conto, afinal ele não estava vendo as pessoas no salão e não sabia como elas dançavam para imitar, acho que ele apenas dançou no seu estilo tradicional de mais de um século atrás. Bem, acho que é isso. 🙂 O que você acha?

      Beijos.

      Reply
      1. Acho que é uma boa solução! Talvez tenha sido apenas uma distração da Meg, porque ela escreveu tudo bem espaçado. Mas continuo adorando a série e o conto! 🙂
        Só lembrava desse detalhe por causa das várias vezes que li o final, eu adoro! hahaha
        Beijo

        Reply
        1. Laury A Author

          É, pode ser, é tanto livro que ela escreve. kkkk Mas com certeza não vai ser isso que fará com que eu deixe de amar a série também. 🙂
          Nossa, li essa série tantas vezes, chorei tantas vezes com o final. LINDO de mais!!!
          Beijos.

          Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *